Women who fly

Três mulheres inspiradoras.
Três histórias únicas.

Corrida é muito mais do que apenas a mecânica física de colocar um pé na frente do outro. É um teste de força mental e força de vontade, e para muitos, é também uma forma de meditação. Essas histórias seguem três mulheres que foram definidas por um evento que mudou a vida. A corrida forneceu uma nova perspectiva que permitiu que essas mulheres inspiradoras superassem seus desafios e fossem mais fortes para isso. Estas são as mulheres que voam.

Devon   Devon é uma ultramaratonista e vive em San Anselmo, California. Quando ela não está correndo, treinando ou viajando, ela é sócia de uma panificadora. “Eu tive que lutar muito para ser quem eu sou hoje, e eu enfrentei isso. E, eu sinto que é assim que eu quero enfrentar o mundo, luz e escuridão são parte de nossas vidas, certo? E, você tem que segurá-los com a mesma leveza.” Assista ao vídeo
Catra Corbett – Fã HOKA Catra é uma ultramaratonista e vive em Fremont, California com sua dachshund, Truman. Ela já correu mais de 250 ultramaratonas e é membro proeminente da ultra community. “Sentada em uma cela na prisão, percebi que este é o meu fundo, e eu preciso parar. E, eu tive que mudar minha vida.” Assista ao vídeo   Devon
Devon   Shirin Gerami – Fã HOKA Shirin é a primeira triatleta iraniana. Ela atualmente mora em Londres, mas treina em Boulder, Colorado. No ano passado, Shirin competiu no Campeonato Mundial IRONMAN® em Kona, no Havaí. “Se não todas, a maioria das barreiras são dentro de nós mesmos que precisam ser quebradas. Barreiras de como pensamos e quanto ousamos sonhar e quanto nós desafiamos perseguir esses sonhos e quanto nós não queremos desistir. Nossos temores nos proíbem de descobrir tanto sobre nós mesmos.” Assista ao vídeo